Por motivo de manutenção dos servidores da UEPB, os números anteriores do Boletim estão temporariamente inacessíveis.
Este é o blog da Sociedade Paraibana de Arqueologia. Contato: sparqueologia@gmail.com

domingo, 1 de abril de 2012

Parabéns SÃO THOMÉ DO SUCURÚ - SUMÉ-PB

DANIEL DUARTE PEREIRA*


PASSARAM PELAS MARGENS DO TEU SUCURÚ OS HOLANDESES NOS IDOS DE 1630. RIO SUCURÚ TÃO CAUDALOSO E LARGO QUE FOI CONFUNDIDO PELOS PRIMEIROS COLONIZADORES COMO O RIO PARAÍBA.

PASSARAM PELAS TUAS SESMARIAS VÁRIOS DONATÁRIOS E PELAS TUAS FAZENDAS E SÍTIOS CENTENAS DE PROPRIETÁRIOS, A SABER DESDE 1717, CONSOLIDANDO O TEU ESPAÇO RURAL PRODUTIVO E ORDEIRO. SUMÉ FAZ E ENSINA A CRIAR E PLANTAR.

PELAS TUAS RUAS IRRADIADAS A PARTIR DO ANTIGO BURGO, HOJE PRAÇA ADOLFO MAYER OU PRAÇA VELHA, PASSARAM MILHARES DE PESSOAS. CONHECIDAS, DESCONHECIDAS. DE INÚMERAS CORES, CREDOS E FAZERES.

NAS TUAS CASAS, DAS MAIS HUMILDES AS MAIS OPULENTAS, RISOS ANUCIARAM ABASTANÇAS E BOAS NOVAS E CHOROS PRENUNCIARAM NASCERES E MORRERES. MORRERES DE VIDA E MUITAS VEZES DE ESPERANÇAS.

NAS TUAS PRAÇAS CRIANÇAS ENSAIRAM OS PRIMEIROS PASSOS, JOVENS ENCENTARAM OS PRIMEIROS NAMOROS E IDOSOS ACOMPANHARAM TUDO ISSO INCLUSIVE O OCASO DAS SUAS EXISTÊNCIAS. AJUNTAMENTOS FORAM FEITOS E DECISÕES, OU INDECISÕES, FORAM TOMADAS. PASTORIS FORAM APRESENTADOS E FESTAS DO “DIA OITO” REALIZADAS.

NO TEU VELHO CLUBE AMORES FORAM INICIADOS, PAIXÕES FORAM INTERROMPIDAS. JOVENS DEBUTARAM SUAS BELEZAS BUSCANDO NAS VALSAS A IDÍLICA EXISTÊNCIA.

NA TUA PRIMEIRO DE ABRIL, ESPINHA DORSAL DO COMÉRCIO, DAS PROSAS, ANEDOTAS E MESMO DO NÃO TER O QUE FAZER, DESFILARAM E AINDA DESFILAM PERSONAGENS QUE ENCENARAM E ENCENAM TODOS OS DIAS O DESAFIO COTIDIANO DE VIVER.

NA TUA FEIRA, QUE ANTECEDE AS MADRUGADAS E SE INSERE PELAS NOITES, COMPRA-SE, VENDE-SE, REGATEIA-SE MANTÉM-SE A TRADIÇÃO DAS BEIRAS SECAS E DOCES DE FOFA DE IMBU, NO APREGOAR DAS MERCADORIAS, NOS “HOTÉIS” E NAS PEQUENAS BODEGAS DE PÉ-DE-PAREDE.
TUA MATRIZ , HOJE RESTAURADA E IMPONENTE, SIMBOLIZA OS ALICERCES CATÓLICOS DO TEU POVO DESDE A PRIMEIRA DEVOÇÃO A SÃO THOMÉ E HOJE A NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO E O AVANÇAR DA URBE ENCONSTANDO NA SERRA.

TUA SERRA IMPONENTE, COM SUAS FURNAS E LOCAS PROVOCANDO A CURIOSIDADE COM HISTÓRIAS DE ONÇAS E MALASSOBROS É SENTINELA ALTANEIRA DO TEU DESENVOLVIMENTO. LÁ O MENINO JESUS DE PRAGA ZELA PELA CIDADE NOS SEUS ACORDARES E DORMIRES.

TEU AÇUDE, CUJA ÁGUA FEZ O HOMEM FELIZ POR DÉCADAS, HOJE AGUARDA MELHORES USOS DESTA MESMA ÁGUA A MOLHAR O SOLO RICO PRODUZINDO GÊNEROS E BENS.

NO TEU CAMPO SANTO DESCANSAM EM PAZ OS QUE PASSARAM PELOS TEUS SÍTIOS, FAZENDAS, VEREDAS, CAMINHOS, CORREDORES DE AVELOZES, RUAS, TRAVESSAS, BECOS, ALTOS. LADEIRAS SUBINDO E DESCENDO NA VIDA CONFORME AS SUAS ATITUDES E BEM-QUERENÇAS.

OS TEUS PÓLOS DE COMÉRCIO, SAÚDE E AGORA MAIS ENFATICAMENTE DE EDUCAÇÃO SUPERIOR, APONTAM PARA O NORTE, O LESTE, O OESTE E PARA O SU(L) DE SUMÉ E DO CARIRI PARAIBANO.

TEUS/TUAS PROFESSORE(A)S, CARREIROS, LAVRADORE(A)S, ESTUDANTES, DONAS DE CASA, VAQUEIROS, PROFISSIONAIS LIBERAIS, TRABALHADORE(A)S, PRINCESAS E LAVADEIRAS CONSTROEM TODOS OS DIAS ALICERÇES, PAREDES E TELHADOS DA TUA EXISTÊNCIA NO AFÃ DE ETERNIZAR TUA MORADA NOS SERTÕES DOS CARIRIS VELHOS.

ENFIM, OS TEUS FILHOS TORCEM POR TUA IMORTALIDADE CIDADE AMADA, AGUARDADA COM ANSIEDADE NAS PRIMEIRAS CURVAS DA SERRA QUANDO SE VEM “DE CIMA” E PELO APONTAR DA CUMIEIRA DA TUA SENTINELA DE PEDRAS DE QUEM VEM “DE BAIXO”, SERPENTEANDO PELA BR 412 ,OU “TRANSCARIRI”, QUE TE CORTA AO MEIO NUM SIMULACRO DE EQUILÍBRIO E PARTILHAMENTO.

PARABÉNS MINHA TERRA, PELOS SEUS 61 ANOS DE EMANCIPAÇÃO (1º DE ABRIL DE 2012), MAIS DE 300 ANOS DE OCUPAÇÃO E NÃO SEI QUANTOS ANOS DE PRESENÇA INDÍGENA.

NASCER EM SUMÉ É MAIS QUER SER SUMEENSE É SER “SUMEDADE”!
AVE SÃO THOMÉ, AVE SUMÉ!

* NASCIDO EM SUMÉ NA TRAVESSA BELA VISTA Nº 13, ALTO DA BELA VISTA OU DO JORGE, NO JÁ SE TORNANDO DISTANTE ANO DE 1966, PELAS MÃOS DA PARTEIRA MADRINHA BENEDITA. FILHO DE RAIMUNDO PEREIRA SABIÁ E DERCI DUARTE PEREIRA

Foto: Serra do Sucurú, Sumé-PB, SPA.

0 comentários:

Leia por assuntos

Boletim da SPA eventos Arqueologia evento Pedra do Ingá IHGP História Patrimônio Vandalismo Lançamento Paleontologia Rev. Tarairiú Campina Grande Centro Histórico João Pessoa Revista Eletrônica Arte IHGC Juvandi Tarairiú Cariri Carlos Azevedo Homenagem Livro Museu Arqueologia Histórica Artigo Diário da Borborema Arquivo Espeleologia História da Paraíba IPHAEP Inscrições Rupestres MHN UEPB Nivalson Miranda Pesquisas Thomas Bruno Vanderley Arte Rupestre Encontro da SPA Evolução Exposição Fósseis Itacoatiaras LABAP Patrimônio Histórico Soledade São João do Cariri Achado Arqueológico E-book Falecimento IPHAN Missões Palestra Piauí Projetos Queimadas Raul Córdula SBE Semana de Humanidades Serra de Bodopitá UEPB UFCG Vale dos Dinossauros Acervo Antropologia Arqueologia Experimental Barra de Santana Boqueirão Brejo Cabaceiras Capitania da Paraíba Cartilha Clerot Cordel Descaso Escavação Estudos Evolutivos FCJA Forte Ingá Itatuba Lagoa Salgada Memórias Natal Niède Guidon Patrimônio Arqueológico Pesquisador Serra da Capivara Serras da Paraíba São João do Tigre UBE-PB USP Uruguai Walter Neves África ALANE ANPAP APA das Onças Amazônia Amélia Couto Antônio Mariano Apodi Araripe Areia Arqueologia Industrial Arqueologia Pública Aula de campo Aziz Ab'Saber Bacia do Prata Belo Monte Biografia Brasil CNPq Camalaú Caraúbas Carta circular Casino Eldorado Cavidade Natural Ceará Cemitério Comadre Florzinha Concurso Cozinhar Cuité Curimataú Curso Curta-metragem Datação Dennis Mota Descoberta Dom Pedro I Dossiê Educação Ambiental Educação Patrimonial Elpídio de Almeida Emancipação política Espaço Cultural Esponja Exumação Falésia do Cabo Branco Fazendas de gado Feira de Campina Grande Fonte Histórica Forte Velho Funai Fórum Permanente Ciência e Cultura Gargaú Geografia Geologia Geopark Guerra dos Bárbaros Guilherme História Viva Hominídeo IHCG IHGRN IPHAN-RN Ipuarana Jesuítas Jornal da Ciência José Octávio Juandi Juciene Apolinário Laboratório Lagoa Pleistocênica Lagoa de Pedra Lajedo de Soledade Linduarte Noronha Litoral Luto MAC Mato Grosso Matéria de TV Memórias do Olhar Mostra Museu Itinerante Ocupação humana Olivedos PROPESQ Paleo Paraíba Pará Pe. Luiz Santiago Pedro Nunes Pernambuco Pilões Pleistoceno Pocinhos Ponto de Cultura Projeto Catálogo Pré-História Pré-História submersa Quilombola Reivindicação Reportagem Revista Rio Paraíba SAB SBP SBPC Santa Luzia Sebo Cultural Seminário Semiárido Seridó Serra Branca Serra Velha Serra da Raposa Serra das Flechas Sertão Sessão Especial Sobrado Sumé São Mamede São Thomé do Sucurú Sócios TAAS Teleférico Terra Tome Ciência Técnicas Cartográficas UEPB Campus III Uol pelo Brasil Zonas arqueológicas caiabis mundurucu usina Índia Índios âmbar

Visitas desde SET 08

Translate

Estatísticas do google 2011

  © Arqueologia da Paraiba

Back to TOP